Temos vivenciado os novos hábitos, as novas exigências e a crescente preocupação com a melhoria da qualidade de vida que os consumidores têm demandado.

Hoje, ao falarmos de novos desejos e anseios dos consumidores não podemos nos limitar apenas a “preço” ou “sabor”, mas diversos direcionamentos estão fazendo a Indústria se reinventar e se adaptar às novas demandas.

Os consumidores têm sido o motor dessa transformação. Por isso, estamos trazendo um conteúdo com base nas informações da Mintel para te auxiliar a entender esses novos desejos e aspirações de consumo. 

  1. QUALIDADE REDEFINIDA 

A pandemia mudou e mudará as prioridades de valor dos consumidores em termos de economia de tempo, familiaridade e tratamentos justificáveis.  Muitas pessoas continuarão a trabalhar, relaxar e se divertir em casa nos próximos 12 meses. 

As marcas possuem oportunidades de oferecer produtos focados em inspiração econômica e sabores diferenciados. As formulações inovadoras de alimentos e bebidas serão aceitas como soluções para o bem-estar mental e emocional, o que levará a um novo interesse em abordagens baseadas na psicologia para uma alimentação saudável.

Muitos consumidores estão focados em seus orçamentos de mercado 

O orçamento é um fator importante para os compradores latino-americanos. “Valor” significará comprar mantimentos com preços competitivos que atendam às necessidades básicas de: sabor, qualidade, saúde e segurança. 

Os consumidores têm uma grande quantidade de valores em alimentos e bebidas 

Os consumidores em estado de choque pandêmico agora estão focados no consumo mínimo e em obter os melhores retornos de suas compras:

  • 41% dos consumidores chilenos estavam comprando alimentos e bebidas premium em julho de 2020, mas apenas 20% esperam comprar alimentos premium regularmente em um ano. 
  • 48% dos consumidores brasileiros dizem que o preço mais baixo será uma qualidade importante quando comprarem alimentos / bebidas devido ao COVID-19. 
  • 50% dos consumidores colombianos escolhem comida fácil (isto é, rápido de preparar) o tempo todo ou a maior parte do tempo a desde julho de 2020. 

Principais ações a serem tomadas em 2021-22 para a redefinição da qualidade 

  • Adicione emoção à vida em casa 

As marcas de alimentos, bebidas e serviços de alimentação devem se adaptar às novas demandas das atividades domésticas. Existem as oportunidades para as marcas oferecerem economia de tempo para mais um jantar em casa durante a semana, bem como kits experienciais que elevam as comemorações em casa. 

  • Convide pequenas indulgências 

À medida que o consumidor é impactado com incertezas e dificuldades da pandemia em 2021, os consumidores ainda precisam se cuidar. As marcas de alimentos, bebidas e serviços de alimentação podem disponibilizar sabores e formatos divertidos, bem como pequenas guloseimas acessíveis que valem a pena estourar o orçamento de alguém. 

  • Os consumidores precisam de conveniência em todos os níveis de preço 

Atividades caseiras são preferidas durante os períodos de recessões, mas as marcas precisam se adaptar às novas demandas, uma vez que as pessoas estão trabalhando, estudando e relaxando em casa. 

Os consumidores exigirão opções inspiradas no serviço de alimentação como uma forma de atalhos para jantares durante a semana, bem como ocasiões especiais de “hometainment”:

  • Cerca de 30% dos consumidores no Brasil, Chile, Colômbia, México e Peru afirmam que a rapidez e a facilidade de preparação serão importantes para o preparo dos alimentos no futuro. 
  • Os consumidores preocupados com a saúde buscarão opções plant-based familiares 

Os produtos com apelo plant-based já seguem em constante crescimento e podem ser um auxílio aos consumidores que desejam comer mais frutas, vegetais, legumes, leguminosas, grãos e outras plantas, seja como ingrediente principal ou como substituto de ingredientes de origem animal. 

  • 63% dos mexicanos, 61% dos chilenos e 61% dos peruanos adultos que estão decididos a comer menos produtos de origem animal (por exemplo, laticínios, carne) depois que a pandemia diminuir e também decidem fazer mais refeições caseiras. 
  1. UNIDOS POR ALIMENTOS 

Marcas de alimentos e bebidas podem equilibrar a necessidade de uma pessoa se sentir única e especial com o desejo de fazer parte de comunidades de indivíduos com ideias semelhantes. 

As marcas têm a oportunidade de apoiar os consumidores que estão descobrindo novos hobbies e expressando facetas de suas personalidades por meio de suas escolhas de alimentos e bebidas.

A COVID-19 complicou a socialização 

  • 42% dos adultos brasileiros dizem que manter contato com a família/amigos é uma prioridade alta e 37% dizem que é uma prioridade média. 
  • 70% dos brasileiros adultos sentem-se desconfortáveis em fazer festas/reuniões em suas casas a partir de janeiro de 2021. 
  • 73% dos brasileiros adultos sentem-se desconfortáveis em ir à casa de outras pessoas para as festas/reuniões em janeiro de 2021. 

As marcas estão aproximando pessoas e ajudando a construir suas identidades 

Sabemos que a pandemia trouxe impacto na socialização de diversos consumidores. Um exemplo de reinvenção nesse momento foi realizada pelas marcas de bebidas alcoólicas, como Brahma e Amstel, onde se comemorou a volta dos campeonatos de futebol convidando o consumidor a fazer parte da torcida até de casa. 

Outras marcar como Ruffles, promovem celebrações “coletivas” oferecendo experiências virtuais. E outros também estão capacitando grupos de consumidores.

Principais ações a serem realizadas em 2021-22 pela Unidos pelo Alimento

  • Ajudar os consumidores a mostrar quem eles são 

As marcas podem ajudar os consumidores a expressar seus valores individuais e paixões pessoais. Convidando-os a colaborar em inovações, resgatar seus hobbies pré-pandêmicos e proclamar suas paixões externamente para o mundo. 

  • Reunir os consumidores 

Depois de estabelecer uma base de fãs, as marcas podem apresentá-los uns aos outros. 

Por meio de uma série de plataformas, as marcas ajudarão os consumidores a estabelecer novas conexões sociais online e na vida real. 

  • Aproveite a dedicação a certos hobbies ou marcas 

Alimentos, bebidas e serviços de alimentação podem alavancar a dedicação dos consumidores às suas marcas, expandindo para categorias vizinhas ou criando produtos complementares de CPG. 

Em 2021, as marcas podem encorajar as pessoas a compartilhar suas realizações (ou fracassos) nas redes sociais ou fóruns online de marcas. 

  1. ALIMENTE A MENTE 

Os consumidores seguem muitas vezes estressados e ansiosos. Por isso, precisam de soluções para a saúde emocional e mental. Alimentos e bebidas podem oferecer conforto, alegria e outras conexões emocionais por meio de rituais e formulações funcionais. Uma melhor compreensão de como o que você come o faz se sentir impulsiona a adoção de abordagens psicológicas para uma alimentação saudável.  

COVID-19 tem sido uma fonte constante de ansiedade para muitas pessoas 

A pandemia fez com que os consumidores reconhecessem que o bem-estar, incluindo saúde mental e emocional, é uma preocupação vital:

  • 75% dos adultos brasileiros estão preocupados com a exposição ao COVID-19 a partir de janeiro de 2021. 
  • 56% dos adultos brasileiros dizem que seu bem-estar mental é uma prioridade alta e 27% dizem que é uma prioridade média em janeiro de 2021. 
  • 42% dos adultos brasileiros dizem que uma alimentação saudável é alta prioridade e 37% dizem que é uma prioridade média em janeiro de 2021. 

Principais ações a serem realizadas em 2021-22 para Alimente a Mente

  • Crie conexões emocionais por meio de rituais 

As marcas de alimentos e bebidas podem oferecer fuga, paz e outros benefícios emocionais ao criar rituais. Ocasiões desde a preparação até o consumo podem oferecer momentos de calma e clareza. 

  • Conecte-se com uma alimentação intuitiva ou consciente 

À medida que uma parte dos consumidores resolve melhorar suas dietas na esteira do COVID-19, os conceitos de alimentação intuitiva e consciente começarão a introduzir o conceito da psicologia da alimentação saudável. 

  • Ofereça momentos de descanso por meio de rituais 

A preparação, a apresentação, o consumo e até a limpeza oferecem ocasiões para rituais vivenciais. O formato, as instruções e a embalagem podem ajudar a criar um ritual.  

Os consumidores estão resolvendo melhorar suas dietas após COVID-19 

Como uma parte das pessoas resolveu melhorar suas dietas após a pandemia COVID-19, a alimentação intuitiva e serviços como o Noom começaram a introduzir a psicologia da alimentação saudável. 

Essas soluções estimulam uma melhor compreensão de quanto, quando e o que as pessoas comem, oferecendo flexibilidade em vez de regras rígidas. Isso está de acordo com o desejo dos consumidores de flexibilidade nas dietas: 85% dos adultos brasileiros concordam que é importante equilibrar opções mais saudáveis com opções indulgentes. 

A maioria dos consumidores latino-americanos acredita em ingredientes que melhoram o humor 

Mais alimentos e bebidas serão formulados para a saúde mental / emocional com ingredientes como vitaminas B, adaptógenos ou produtos básicos da Ayurveda e da Medicina Tradicional Chinesa. 

MasterSense possui um portfólio com soluções inovadoras para que você atenda as principais tendências e desejos do novo consumidor.  Acesse e saiba mais.

Fonte: 

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *