Seu navegador não suporta ou está com o JavaScript desabilitado, por conta disso, podem ocorrer falhas nesse site.

Gordura para Recheio Forneável e Spread

Categoria: Gorduras Especiais
Marca Comercial: AGP 600
Fabricante: AGROPALMA
Aplicações: Recheios forneáveis e spread


A gordura AGP 600 foi desenvolvida para aplicação em spreads e recheios forneáveis. Não contém gordura parcialmente hidrogenada em sua composição. Fornece cremosidade e texturas excelentes, brilho diferenciado e garante estabilidade durante o forneamento.

Gorduras para Recheios de Biscoitos

Categoria: Gorduras Especiais
Marca Comercial: RC 440, RC 490 e RC 530
Fabricante: AGROPALMA
Aplicações: Recheios de Chocolate e recheio de biscoito tipo wafer.


A gordura vegetal RC 440 não possui gordura parcialmente hidrogenada e tem sua aplicação voltada recheios de chocolate e recheio de biscoito tipo wafer. Esse ingrediente otimiza a performance nas aplicações de cobertura devido a facilidade de uso e dispersão dos ingredientes e também por sua rápida cristalização.

A gordura RC 490 pode ser utilizada em recheios de biscoito tipo wafer e também em sorvete de massa. Ela apresenta ótima cristalização e cremosidade. Destacando-se nela o desprendimento e realce do sabor nos produtos em que essa gordura é aplicada.

A gordura RC 530 pode ser aplicada em biscoitos tipo wafer, biscoitos tipo sanduiche e pipoca de micro-ondas, pois apresenta ótima cristalização e estruturação. Permitindo, assim, otimização de processo, já que é possível utilização em produtos diferentes.

Gordura Emulsificada 420 CK

Categoria: Gorduras Especiais
Marca Comercial: 420 CK
Fabricante: AGROPALMA
Aplicações: Bolo Industrial.


A gordura emulsificada 420 CK não possui gordura parcialmente hidrogenada e tem sua aplicação voltada para bolos industriais. Esse ingrediente otimiza o processo, evitando a etapa de dosagem de emulsificante. Além disso, apresenta ótimos resultados de textura, volume, retenção de umidade e aumento de vida útil do produto final.

Oleína de Palmiste

Categoria: Gorduras Especiais
Marca Comercial: AGP 300 e AGP 350
Fabricante: AGROPALMA
Aplicações: Coberturas para sorvetes.


A gordura AGP 300 é um produto com a mesma performance do Óleo de Palmiste. Esse ingrediente tem por diferencial a ausência da estearina de Palmiste e sua aplicação é para cobertura de sorvetes, tipo skimo. Como características desse ingrediente, o AGP 300 promove rápida cristalização da casquinha do sorvete e não há necessidade de têmpera.

A gordura AGP 350 foi especialmente desenvolvida para ser utilizada em cobertura tipo skimo para sorvete. Como característica apresenta rápida cristalização, fornecendo ao produto uma coberta mais uniforme.

CBS Interesterificada AGP 200

Categoria: Gorduras Especiais
Marca Comercial: AGP 200
Fabricante: AGROPALMA
Aplicações: Coberturas e barras.


A gordura AGP 100 é um substituto da Manteiga de Cacau e indicada para a produção de coberturas e barras. Como características desse ingrediente, o AGP 200 promove rápida cristalização e não há necessidade de têmpera devido a sua estabilidade de cristais de gordura. O ingrediente fornece ao produto final brilho e maior maciez. Essa gordura é inodora e não apresenta residual de sabor.

CBS Fracionada AGP 100

Categoria: Gorduras Especiais
Marca Comercial: AGP 100
Fabricante: AGROPALMA
Aplicações: Coberturas e barras.


A gordura AGP 100 é um substituto da Manteiga de Cacau e indicada para a produção de coberturas e barras. Como características desse ingrediente, o AGP 100 promove rápida cristalização e contração, maior resistência a temperaturas mais altas evitando assim, o derretimento com facilidade do produto e não há necessidade de têmpera devido a sua estabilidade de cristais de gordura. O ingrediente fornece ao produto final brilho, fácil derretimento durante o consumo e “snap”. Essa gordura é inodora e não apresenta residual de sabor.

Gorduras Especiais

Extraído da polpa do fruto da palmeira oleaginosa Elaeis guineensis por métodos físicos (prensagem mecânica) sem uso de solventes ou outras substâncias químicas. O refino é feito de forma natural (fisicamente) e são usados apenas produtos naturais no seu processamento (ácido cítrico e terra não ativada). Isso difere dos processos convencionais de refino químico que usam soda cáustica para a neutralização dos ácidos graxos livres. No refino físico do óleo de palma, os ácidos graxos livres são removidos por destilação.

As gorduras de palma apresentam estado físico semisólido à temperatura ambiente. Possuem composição peculiar de ácidos graxos com cerca de 50% de ácidos graxos saturados, 40% de monoinsaturados e 10% de poli-insaturados, o que descarta a necessidade do processo de hidrogenação artificial, tornando-as naturalmente livres de ácidos graxos trans.

Devido à presença de antioxidantes naturais (tocotrienóis) e seu baixo teor de ácido linolênico (C18:3), esse óleo é altamente estável a oxidação.